Descrição

Sobre Cães, Gatos, Peixinhos e Pelúcias...


Quantas vezes você já ouviu a frase: “Mulheres adoram Pets”? Muitas, não é?! As amigas também...
Esse texto é um texto de amor, mas outra vertente do amor, afinal o amor é único, não é mesmo?!
Um dos livros favoritos da RP, A Insustentável Leveza do Ser, traz uma frase que resume bem o assunto. Quando a protagonista da história precisa sacrificar seu cachorro, diz ao marido: “O amor que tenho por esse animal é até maior que o que sinto por você, afinal eu quero que ele seja exatamente como ele é, eu nunca desejei que ele mudasse, e esse é o amor mais puro...”
A RP estava pensando em convocar uma reunião digital de pauta para escrever sobre coisas que as mulheres amam, mas seu coração andava muito vazio... Por quê? Bom, acho que já conseguiram imaginar não é?
- Que chato... - Foi tudo que a PP conseguiu dizer – Me conta melhor quando puder, ok?!
Contar o quê? Perguntava-se a RP. Ela sabia que a amiga só queria ajudar, mas não havia o que fazer, ela amava seu cachorro, e a missão dos animais é essa mesmo, não é?! Ensinar a amar! Não, ele não precisou ser sacrificado, a RP jamais deixaria isso acontecer... Ele tinha 14 aninhos, quase 15, e ia fazer uma cirurgia depois do ano novo, por conta de um tumorzinho, mas não conseguiu esperar até lá...
- Todos em casa sentiram. Ele era muito especial e único...
Lembrou-se da TO, que passou por isso há pouco tempo, com a Maia, a gatinha dela, e que agora já tem outro mascote, o Bruce, e está aprendendo a amar de novo... Não que a Maia tenha deixado de ser especial e única...
- É... Depois que a Maia se foi, por um tempo ninguém queria pegar outro bichinho. A Maia era diferente de qualquer outro gato, não era traiçoeira, não subia em cima da mesa, era carinhosa - era o nenenho da mamãe. Falávamos que nenhum outro seria igual à Maia. Até o veterinário dizia que ela era mais bem tratada, sem gastar dinheiro pra isso. Mas, quando cheguei em casa, pras férias de fim de ano, tinha o Bruce de presente!
- Espera. Bruce tubarão do Procurando Nemo ou Bruce Wayne o Batman?
- Do Batman. Meu gato não é azul! E por coincidência, ou não, também é preto.
E só pelo Batman a PP já adorou o Bruce também.
- Ele ainda é um bebê, só morde, pula na perna, brinca com linha, bolinha, bichos (inclusive barata), folha seca...... É lindo. Já tá dando trabalho saindo na rua... Ele é o único que conheço que não tem tanto medo de água, vive se molhando quando vamos lavar a varanda, o quintal... Bebe qualquer água menos a dele, faz bagunça na poeira enquanto varremos e deita no tapete bem no meio do caminho.
(Riram)
- Tá bom, eu entendo vocês. Eu já tive peixinhos...
- Não sabia que você tinha peixinhos. Já pensou em adotar mais um? No apê dá pra ter...
- Então... Ah, eu já quis ter um coelho, uma iguana, e a última ideia brilhante foi um gato preto com os olhos azuis que ia se chamar Quincy! Mas fica meio difícil pra alguém que mora em apê e tem alergia a pelo criar bichinhos... E foi aí que vieram os peixinhos... - Primeiro foi uma peixinha que tentou fugir do aquário, caiu no chão da cozinha, minha mãe pisou em cima sem querer e substituiu antes de eu voltar do colégio... Mas isso eu descobri faz bem pouco tempo, porque ela me contou, eu mesma nunca notei... Também teve um que cometeu suicídio na minha frente. Tipo, eu tava lá lavando o aquário e ele deu um mosh de um potinho que tava em cima da geladeira: direto pro ralo da pia... E por último teve um que explodiu.
- Hein?!
- É... Assim, eram 3 peixinhos, e um ficava comendo toda a comida dos outros sozinho! Aí eu ia lá e colocava mais comida pros outros dois, e o raio do um continuava comendo, e comendo e comendo e bum! Explodiu na minha frente! Depois disso decidi ficar só com o Roger mesmo: coelho, gigante, lindo e de uma pelúcia que não me faz espirrar! Não que a PP não goste de bichinhos de estimação... Mas quem não tem onde criar um, brinca com os dos outros, não?!
- É... Uma hora eu também vou ter um novo mascote, mas nada apaga alguns amores. O Ringo Starr (o dos Beatles mesmo) não vai deixar de ser especial, e até lá eu vou sentindo a falta dele. Agora que acabou a muvuca do fim de ano, as visitas se foram, começo a sentir saudades. Eu e todos de casa... Fora a piada de papagaio da minha mãe, antes do "buáaaa a tranqueira foi embora" , ela teve que soltar um “ Porque não compramos um papagaio? Pelo menos vive 100 anos..." Minha mãe adora papagaios...
- Putz...
Amar de novo, essa é a lição das amigas em 2010...
- É, pensando bem, o amigo novo quando chegar vai ter trabalho...
- Mas RP, não vai ser até da mesma raça? Tudo igualzinho? (Em alguns momentos a PP é insensível)
- Mas PP, igualzinho é relativo, quem me garante que ele vai bater na minha janela de manhã, pra me acordar e ser o primeiro a me dar bom dia, saber o horário de todos de casa e ter um latido pra cada um, ter uma mania de cada pessoa da casa, falar comigo no telefone, matar baratas numa patada só, ter medo de trovão a ponto de tampar a orelhinha com a pata, tirar a almofada da casinha assim que eu colocar, resmungar quando brigarem com ele, rolar papel higiênico pela casa, gostar de comida na boca, gostar de sorvete, principalmente de morango, fazer cara de ovo e piedade quando aprontava das suas, deitar do meu lado quando eu estiver triste, passar o dia de mau humor e não querer ver ninguém, brincar na grama com qualquer coisa que possa ser jogada pra cima mesmo que seja um pincel sujo de tinta verde...
- Nossa RP, da até pra escrever O Ringo e Eu.
(Riram)
Como será o novo amigo da RP elas não sabem, o que sabem é que algumas coisas não podem ser substituídas. Elas podem passar, mas ficam vivas na memória, pois é isso que as tornam únicas e especiais...
E você? Quer contar sua história com seu bichinho de estimação?

9 comentários

mari disse...

Ahhhhhh gente.. tem coisa mais gostosa q um bichinho de estimação??? Eu tenho o Pimpolho.. uueiheuhe.. e agora a Luna.. são ótimos... Carol, espero q vc encontre logo um novo mascote!! hhuhuhu
beijooooooo

glaucia disse...

Ah! que bom entrar 2010, lendo esses textos maravilhosos de voces, não parem, pois em breve tenho certeza que veremos todas realizando seus sonhos. Vocês merecem.
Beijos!!!

kbritovb disse...

eu amo cachorro
até agora tive dois
mas um infelizmente morreu eu chorei demais quando ele morreu mesmo já tendo outro na mesma epóca.
O que morreu chamava Panthor e a irmã dele que eu tenho até hoje chama Pandora

Comunicadora PP disse...

E deixa a PP contar q no emprego q ela frequenta agora existe um dog?!

Ele é uma graça e anda sendo uma companhia melhor do q mto bicho gente por aí... rsrsrs Pelo menos durante o horário administrativo...

PS - insensíveis são os vossos narizes, ok?!

Bjoks!

Mel disse...

Laurinha,

Realmente o amor dos animais é o mais puro.
Eu já tive vários, um coelho chamado Floco, uma jabuti chamada Giovanna, uma gatinha chamada Doralice e um gatão chamado Brad Pitt, fora os peixes suicidas...
Hoje em casa são 3 cães, todos Lhasa Apso. A "matriarca" é a Nanah, temos a Nan (para os intimos) desde 1998, qdo ela tinha 45 dias.
A Nanah é especial. Hoje aos 12 anos recem completos ela está velhinha, diabética e ficando cega. Dói como se fosse uma irmã de sangue ve-la assim. A outra cadelinha é a Sasha, irmã de sangue da Nanah e da mesma ninhada. A Sasha não viu conosco até ano passado qdo soubemos q os antigos donos não a queriam mais pois ela não podia mais ter filhotes. E aí a adotamos tbm. E o 3º elemento, é o Dodói, um lhasa q achei na rua no meio de uma avenida movimentada com +/- 1 ano de idade. Ele é paranóico e tem umas crises e ataca as pessoas, achamos q os antigos donos devem o ter abandonado. E esses são meus cães queridos...
Ah! agora tem o Bau, gato de rua q tem morado lá em casa tbm.

Di Renata disse...

Oie... tudo bem?
Deixaram um comentário super fofo no meu blog e fiquei feliz em ser seguida por vocês! =D
Mas não assinaram... me desculpe mesmo, mas não reconheci quem era!
Pode se identificar? Rsrsrs...
Veleu!!!
Bjo bjo!
Di

Walquiria Jansen disse...

oi gatas deixei um selinho pra vcs no meu blog...passa lá e pega ok...
...adorei a postagem, e olha q eu nem tenho bicho de estimação...bjocas

Bianca Breves disse...

o texto é lindo, adorei o blog

Novos Conselhos disse...

Oi, Adorei seu Blog, tô seguindo...
Acesse o meu e se gostar siga tbm: http://novosconselhos.blogspot.com/

Postar um comentário